Investigação

CEMOSA sempre fomentou o conhecimento, a inovação e a tecnologia. Fruto do interesse e compromisso de CEMOSA nas atividades de I+D+i, no ano de 2007 estabelece um departamento específico de Investigação, Desenvolvimento Tecnológico e Inovação com o objetivo de melhorar a competitividade da empresa e oferecer um serviço mais especializado.

Esta área é formada por doutores e engenheiros com dedicação exclusiva, e conta com o apoio de técnicos de todos os departamentos da empresa.

CEMOSA participou em projetos de I+D desde sua origem nos anos 70 e 80. Não obstante, o volume de projetos de investigação aumentou notavelmente desde a criação do departamento específico.

A inquietude por desenvolvimento contínuo, sempre vista de uma perspetiva responsável, foi reconhecida e valorizada com ajudas procedentes das Administrações Públicas: União Europeia (7º Programa Marco, programa H2020), Governo da Espanha (CDTI, Ministério de Indústria) e Junta de Andaluzia (Agência IDEA). Outros foram financiados por clientes ou pela própria CEMOSA.

Além disso, CEMOSA dispõe, desde o ano 2009, do certificado conforme a Norma UNE 166002:2014 “Gestão de I+D+i: Requisitos del sistema de Gestão de la I+D+i” para as atividades:

“Investigação, desenvolvimento e inovação nas áreas de infraestruturas civis e de transporte, edificação e materiais de construção através de tecnologias da construção, tecnologias dos processos construtivos, tecnologias dos materiais, tecnologias ambientais, tecnologias industriais, energéticas, elétricas, eletrônicas e mecânicas, tecnologias da informação, comunicação e processamento de dados, tecnologias de modelagem matemática, probabilidade e estatística e com orientação para a melhoria da resiliência, sustentabilidade e eficiência nas infraestruturas civis e de transporte por superfície, a edificação e as cidades inteligentes durante todo o ciclo de vida (projeto, construção, operação e manutenção)”

Para desenvolver este trabalho de I+D+i, CEMOSA faz parte das principais plataformas tecnológicas do setor e de diversas associações, onde participa ativamente dos grupos de trabalho:

  • Plataforma Tecnológica Ferroviária Espanhola (Plataforma Tecnológica Ferroviaria Española – PTFE).
  • Plataforma Tecnológica Espanhola de Construção (Plataforma Tecnológica Española de Construcción – PTEC).
  • Plataforma Tecnológica Europeia de Construção (European Construction Technology Platform – ECTP) & Energy Efficient Building Association (E2BA).
  • Fundación de los Ferrocarriles Españoles (FFE).
  • Associação de Empresas de Controle de qualidade e Controle Técnico Independentes (Asociación de Empresas de Control de Calidad y Control Técnico Independientes – AECCTI).

Informação adicional: Politica I+D+i.